Novidade Blog Crianca Celiaca

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Bolo "Falso KitKat" - sem glúten

Quando recebemos convites de festas infantis, normalmente eu já tenho tudo preparado no freezer:

- salgadinhos (coxinha, bolinha de queijo e risólis)
- bolo de aniversário
- esfiha
- mini pizza
- docinhos (brigadeiro e beijinho)

Eu tiro o bolo e deixo descongelar em temperatura ambiente. O mesmo acontece com os docinhos.
Frito os salgadinhos e aqueço a esfiha e mini pizza no local da festa.

Porém, surgiu uma festa de um amiguinho da minha filha onde a mãe do aniversariante informou-me que o bolo seria o famoso "Kit Kat". Para quem não sabe que tipo de bolo é este, segue abaixo a foto de um:

                                            Bolo Kit Kat COM glúten - Foto extraída da net


Por mais que levemos os alimentos sem glúten à festa, nunca será igual ao que é servido aos demais convidados. Por este motivo, a minha filha sempre leva o pedaço de bolo dela sabendo que nada tem a ver com o que ela verá por lá. 
Porém, neste caso, eu fiquei pensando que não deve ser fácil para uma criança de apenas sete anos, ver um bolo cheio de confetes de chocolate e os famosos "Kit kats" na lateral do bolo. Sendo assim, se havia condições de aprimorar o bolo que ela ia levar, para ficar um pouco parecido, porque não fazê-lo? 
Foi muito fácil e rápido.

Eu tinha biscoito waflle da Schar, em casa. Então derreti um pouco de chocolate em barra da Harald e banhei a waflle e levei à geladeira para endurecer. Eles não são finos como os Kit Kats, mas em termos de sabor, são iguais.
Cortei um pedaço do bolo de festa que estava congelado (bolo de chocolate coberto com ganache de chocolate).
Assim que o bolo descongelou (cerca de 15 minutos), eu passei um pouco de chocolate derretido em volta  (que funciona como "cola" para a waflle), e as coloquei em volta do bolo. Levei à geladeira por dez minutos para endurecer.
Enquanto isso fiz um pouco de brigadeiro mole. Coloquei o brigadeiro por cima do bolo e por último os confetes coloridos.
Em termos de beleza, o que fiz não ficou bonito porque como fiz um pedaço pequeno, tive que colocar as waflles na horizontal, mas se você decidir fazer um bolo grande,  poderá decorar o bolo com esses biscoitos na vertical, conforme a foto que postei acima.
Vejam abaixo o resultadodo meu bolo "waflle Schar", abaixo:







Bem, vocês devem estar curiosos para saber o que a minha filha achou do bolo. (risos)
E eu devo informar-lhes que ela não comeu.
Sim, amigos. Como ela sempre tem o hábito de fazer um lanche antes de ir à festas e eu a ensino que não vamos em festas para comer e sim para brincarmos e fazermos amizades, foi isso que ela me respondeu quando eu perguntei porque não havia comido o bolo.
Eu o deixei na geladeira, mas no dia seguinte ela também não se interessou em comer. Então, eu que amo doces e principalmente chocolate, fui "obrigada" a devorá-lo e devo dizer que o meu mini bolo "waflle-Schar" ficou delicioso!
O bolo fica um pouco onerado devido as waflles que são importadas e não são nada baratas, mas um bolo Kit Kat também fica caro. E, além do mais, é sempre bom nos darmos um mimo de vez em quando.

3 comentários:

  1. Que legal! Além de educá-la como uma criança que não pode comer de tudo (e comi ela entende isso!), você a educou para o mais importante: o valor em se fazer novas amizades! Isso é precioso! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tenho uma dúvida em relação a contaminação cruzada , eu estou deixando o glúten , mas o restante da família consome , então asso no mesmo forno , uso mesmo utensílios apesar de esterilizar , então minha dúvida é se da pra pessoa celíaca consumir produtos feitos numa casa normal , em que apenas os ingredientes usados são sem glúten

    ResponderExcluir
  3. Tão lindo...fiquei emocionada Erivane com seu depoimento e o bolo ficou parecido...muito legal.abraços.

    ResponderExcluir