Novidade Blog Crianca Celiaca

terça-feira, 26 de março de 2013

Coxinha, Bolinha de Queijo e Risólis




Receita da Marilis Maldonado.



MASSA:

1 litro do caldo do frango
1 colher sopa cheia de margarina
1/2 Kg de batata cozida e amassadas
400g creme arroz

Numa panela coloque o caldo do frango, a margarina, tempero, a batata amassada e deixe ferver.
Acrescente aos poucos o creme de arroz e vá mexendo até desgrudar da panela.
Coloque numa vasilha e deixe esfriar um pouco. Depois sove a massa.
Para trabalhar com essa massa, use azeite.
Faça as coxinhas (ou bolinha de queijo, ou risolis) e passe na água e depois empane no fubá.
Fritar no óleo BEM QUENTE e NÃO MEXER DURANTE A FRITURA.
Pode-se congelar também.

Torta de Morango


Criei esta receita com base em uma receita tradicional com glúten e deu super certo. O sabor é igual as tortas que comemos em docerias. Você pode fazer em forminhas pequenas ou uma torta grande.
Se fizer em formas pequenas poderá congelar a base da torta (massa) já pronta. Quando quiser consumir, tire do freezer e deixe descongelar em temperatura ambiente. Faça o recheio e monte-a.
Vale a pena fazer.

Receita:



2 xícaras de creme de arroz
2 xícaras de açúcar
1 xicara de fécula de batata
1/2 xic polvilho doce (se for Amafil, colocar um pouco menos)
1 gema
Margarina até dar o ponto (+- 4 a 5 colheres de sopa)

Amassar e sovar bem a massa.
Colocar numa forma de preferência com fundo falso.
Fazer uns furos na massa com garfo.
Levar ao forno até ficar crocante.

Recheio:
2 xicíacaras de leite
1/2 lata leite condensado
2 colheres de sopa de amido de milho
1 gema
3 colheres de açúcar
3 gotas de essência de baunilha
Deixar esfriar para preencher as forminhas com este creme. Colocar os morangos em cima.

Creme cobertura:
água
amido de milho
açúcar
anelina (corante vermelho)
Levar ao fogo até engrossar. Quando esfriar jogar por cima dos morangos.

Bolo de Ameixa



Em muitas crianças a doença celíaca se manifesta em forma de constipação e não de diarréia, como no caso da minha filha. Por isso é sempre bom ter uma receita "laxativa" em mãos.
Esta é uma receita saborosa e por levar ameixas ajuda no funcionamento do intestino.

Receita


  • 250grs de ameixas pretas secas
  • 100grs de uvas passas
  • 140ml de água fervente
  • 120grs de açúcar
  • 90grs de farinha de arroz *
  • 90grs de polvilho doce *
  • 4grs de goma xantana
  • 4grs de bicarbonato (1 colher de chá rasa)
  • 2grs de sal (1/2 colher de chá)
  • 2 ovos médios batidos com um garfo
  • 3 colheres de sopa rasas de óleo ou azeite
Modo de Fazer:
Deixar as ameixas em água fria durante 2horas. Depois desse período, despeje a água, tire as sementes e pique bem as ameixas. Junte a água fervente e deixe por 5 minutos.
Coloque num recipiente o açúcar, a farinha de arroz, o polvilho doce, a goma xantana, o bicarbonato e o sal.
Coloque as uvas passas, a ameixas (sem a água), os ovos batidos e misture. Coloque o óleo ou o azeite.
Despeje numa forma de pão untada com margarina e asse em forno médio (180graus) por mais ou menos 45 minutos – depende de cada forno. Experimente com um palito para ver se está cozido e seco por dentro.
Retire da forma e deixe esfriar.
Servir em fatias finas

Obs.: Antes de colocar na forma, se achar que ainda ficou seco pode acrescentar 10grs de água no máximo. Às vezes o ovo é menor do que o usado nessa receita e isso pode alterar a textura.
* Geralmente uma xícara rasa de farinha tem 100grs, por isso, se não tiver balança, pode usar uma xícara dos ingredientes citados como medida e tirar uma colher de sobremesa que contém mais ou menos 10grs. Contudo é sempre melhor usar a receita baseada nos pesos, porque as medidas de xícaras variam muito.

Torta Salgada






Criada pela Isabela Campos Nagy, esta é a melhor receita de torta salgada que eu já comi. Sem glúten e sem lactose.

Receita da massa:
4 ovos
1 xícara de água
½ xícara de óleo
8 colheres de farinha de arroz
4 colheres de polvilho azedo
4 colheres de polvilho doce
1 colher de sopa de sal
1 colher de sopa de fermento Royal

Bater tudo no liquidificador. A massa fica bem líquida.
Untar uma fôrma e colocar parte da massa, o recheio de sua preferência e outra camada da massa.

sábado, 23 de março de 2013

Comendo fora




Poder comer seguramente fora de casa é um desafio na vida de uma pessoa celíaca.
Muitos pensam que uma criança celíaca não deve comer fora devido o alto risco de contaminação.
Como mãe de uma criança celíaca, aos poucos fui descobrindo que isto não é verdade.
Ainda posso me lembrar da primeira vez que fiz um pão de hamburguer e me arrisquei indo ao McDonald's e pedindo para o gerente montar o lanche para ela. A emoção dela foi indescritível e a minha e do meu esposo, nem se fale!
A partir deste dia, percebi que eu tinha em mãos a tarefa de divulgar cada vez mais esta intolerância alimentar para que aos poucos as portas fossem se abrindo e ela pudesse levar uma vida cada vez mais normal no que diz respeito a comer fora.
Informo a você, mamãe, os lugares onde tenho o hábito de levar a minha filha para comer lanche, ressaltando que  nestes lugares ela nunca passou mal e o mais importante: faz os exames regularmente e todos estão normais, ou seja, não há glúten em seu organismo e as vilosidades de seu intestino estão normais. Mediante isto, entendo que a sua alimentação está correta e que comer fora não tem representado nenhum risco a sua saúde.

Lanche: McDonald's e Burguer King - levo o lanche e peço para colcarem somente o hamburguer e queijo, nada de molhos. Em ambos os lugares eles tem uma fritadeira só para as batatas.
Nota: Em alguma lojas do Mc encontro resistência para montarem o lanche devido o desconhecimento desta restrição alimentar. Já no Burguer King eles sempre montaram tranquilamente.
Ao pedir para montarem o lanche não tente ficar explicando o que é doença celíaca. Diga apenas que seu filho tem alergia ao pão com farinha de trigo.

O sundae destas duas franquias também é liberado. Só não pode ter os tubbets (canudinho com chocolate).

Dúvidas nos escreva: erisemgluten@gmail.com

Bolo em formato "Ana Maria"


Acho muito importante fazer as receitas em vários formatos. Às vezes temos várias receitas de um bolo mas sempre fazemos no mesmo formato e a criança enjoa porque somos visuais, ou seja, comemos primeiro com os olhos.
Segue abaixo a foto de um bolinho recheado no formato Ana Maria.
Para as crianças levarem de lanchinho na escola é muito bom.

Receita:


2 ovos
2 xicaras de açúcar
1 xicara de óleo
2 xicaras de leite
2 xicaras de farinha de arroz
2 colheres de sopa de fécula de batata
2 colheres de sopa de maizena
2 colheres de chá de CMC
1 xicara de chocolate do padre
1/2 colher de chá de sal
1 colher bem cheia de fermento royal



Bata tudo no liquidificador e asse em forno médio nas forminhas. Depois de prontos, recheie ou use recheio forneável.
Com este recheio (tem de chocolate ao leite, chocolate branco, doce de leite, etc), você coloca uma camada de massa de bolo, uma do recheio e por cima mais massa. Cuidado para não encher muito e forminha porque a massa cresce bastante.

Estas são as forminhas que uso para fazer os bolinhos. Mede 10cm x 5cm. Coloco forminha de papel (a de cupcake mesmo e a massa dentro. É o mesmo estilo de fazer cupcake, só muda o formato.
Procure variar nos confetes.

Mais um bolinho tipo Ana Maria, só que este é com cobertura de chocolate (cobertura durinha).
É só derreter o chocolate ao leite (Harald, Mavalério ou Bel) e colocar por cima.